Desfralde: Uma mudança na vida das crianças e dos Pais !

   Hoje quero compartilhar uma das etapas que considero mais difíceis, nesta primeira fase da criança: o DESFRALDE!!!!
  Já havia passado esta fase com a Thete, mas como tudo que é complicado e desafiador acabamos esquecendo e lembrando só dos fatos e eventos bons junto aos nossos filhos, ter que passar por essa aprendizagem novamente, me fez reviver certas inseguranças e novamente enfrentar alguns desafios.
  Realmente eu acreditei que seria muito mais complicado. Nós pais, adultos por tentar controlar demais as situações, ou tentar programar e pensar demais em todas as possibilidades ou limitações acabamos gerando um estresse para a ocasião que acaba sendo simplesmente mais um fato, mais uma etapa de crescimento, tanto da criança quanto de nós pais e responsáveis.

  Se estão pensando : falar é fácil. Também pensei desta forma várias vezes, posso dizer que até semana passada quando estava decidindo encarar o desfralde.
  Na verdade o desfralde não tem regras, nem idade. Agora sim os pais devem estar atentos a hora certa para "seu" filho, isso é fundamental para evitar estresse para os pais e traumas para a criança. Mas como saber a hora certa?

  Algumas dicas para saber a hora de iniciar o desfralde:



- A criança sente e às vezes avisa a saída do xixi e do cocô?
- A criança já caminha, pois a corrida ao banheiro irá começar?
- Ela já entende algumas palavras?
- Ela consegue fixar atenção em alguma coisa por algum tempo?
- Durante a troca de fraldas você percebe que as fraldas estão secas?

  Se você respondeu que sim, então  já pode pensar em tentar!
 A escolha da hora certa deve ser tomada pela família um período que a família consiga lidar com essa fase com calma e paciência. E iniciado o processo, lembre-se "não se usa mais a fralda"
.

Vamos começar:

- Escolha do banheiro da criança = Pinico ou redutor, quem vai direcionar será seu filho e cada um pode ser diferente do outro, lembrando que por se tratar de mudança no universo da criança, sua nova forma de entender esse processo de eliminação, sair da fralda, para o banheiro precisa ser encantador, lúdico, colorido. 
Minha experiência : a Thete rejeitou o pinico e foi direto ao redutor, já o processo do Arthur foi diferente iniciamos com o redutor (já que havia dado certo com a Thete), mas ele não gostou, a forma foi encarar o pinico, processo este que durou um dia e depois que ele percebeu a mudança do que estava acontecendo em seu mundinho ele quis o redutor e agora já quer ir direto ao vaso adulto. Cada criança é diferente, então temos que primeiro identificar seus interesses e sua necessidades.

- Persistência= Vou ser sincera é muito fácil você desistir no primeiro dia. Quando você leva o seu filho de hora em hora ele não quer nem sentar tanto pinico, quanto mais no redutor, e quando sai do banheiro ele faz xixi e acha a maior graça. Depois da quarta, quinta urinada no chão você já está louca para colocar a fralda e aí vem a saída de carro, o passeio no shopping.Tudo gera a tentação de recolocar a fralda, mas ai que mora o erro, é tudo novo e a criança testa para tentar entender o que está acontecendo.

- Tranquilidade = Manter a serenidade quando a criança não quer se sentar no pinico, ou não fica muito tempo sentado, ou já está no terceiro ou mais xixi/cocô fora do banheiro. Nesta hora a tranquilidade é fundamental para o sucesso da decisão de desfralde. Perder a calma, berrar, insistir, segurar, brigar só vai fazer com que a criança associe o desfralde com algo ruim e isto pode acabar por bloquear todo o processo.

- Paciência = Não pense que levar a criança ao banheiro é só sentar no vaso que ela vai fazer. Estamos falando de mudança no comportamento de uma criança então preparem-se para cantar, contar história, encenar e quando menos se espera vai sair o xixi e o cocô, e é claro todos em casa tem que fazer a maior festa. Neste momento que ela inicia e percebe algo diferente e que  pode ser divertido  o processo começa e daí para frente é um pulo, fraldas nunca mais.

- À noite = Primeiro é importante a criança estar bem segura no desfralde do dia para depois passar para o processo noturno (que também mostrará alguns sinais), mas esta postagem fica para outro dia, uma etapa de cada vez. Então apenas cuidem para não confundir a cabeça da criança, colocando a fralda à noite sem ela perceber, pois ela acredita que agora não usa mais, já virou mocinho e mocinha.





Parabéns Crianças. Parabéns Mamães e Papais.

Aproveitando este momento de desfralde, talvez muitas fraldas sobrarão o que fazer? 
Que tal conhecer o projeto Bebê solidário!
"Seu bebê sendo solidário desde o berço"
https://www.facebook.com/bebesolidario


Abraços Carina.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

carina.janesch@gmail.com

Enfermagem Domiciliar

Outros Blogs e Links!!!

Bebemcasa&ApoioMaterno
Apoio Materno

Bebemcasa&MamyAntenada
Cute & Cool Craft

Bebemcasa&MamyAntenada
Mamy Antenada

Videoteca

Aqui uma playlist de videos para você curtir!


Blogger Template Mais Template - Author: Papo De Garota
PageRank