SLING - Cheia de charme para sair com seu bebê!

Tenho  visto muitas mulheres e homens utilizando esse acessório para carregar seu bebê. O Sling  me passa uma sensação de conforto e aconchego. Chega a dar uma sensação de que seu filho está de volta à barriga, é uma espécie de mamãe-canguru ou papai-canguru.

Então para saber mais sobre esse movimento esta prática que além de acessório remete a uma forma de viver a maternidade, convidei uma nova amiga especialista em sling, Karla Pinto da Luz, mãe e empresária, para conversar conosco e esclarecer todas as minhas, quem sabe nossas dúvidas.

Conhecendo um pouquinho da Karla,  como iniciou seu contato com Sling?

Iniciei minha empresa tem 6 anos ( junto com o nascimento do meu filho) . Quando comecei a usar sling  era uma grande novidade.
Durante minha gestação tive de fazer repouso absoluto durante as 40 semanas e a minha maior preocupação era voltar a vida normal com um bebê. Lembrei que muitas mães ao redor do mundo levavam seus filhos muito pequenos a todos os lugares inclusive para exercer seu trabalho. Comecei então a minha pesquisa sobre as formas de carregar bebês o mais próximo possível. Me apaixonei a cada leitura e tratei de providenciar meu primeiro sling, que veio de Portugal. O sling chegou eu estava na maternidade, Confesso que fiquei um pouco com receio de colocar o meu bebê ali, mas se todos os bebês se adaptavam e eu tinha certeza que ali era o lugar ideal para ele ... Saímos slingados da maternidade e usamos o nosso querido sling até o terceiro ano de idade.
Durante este tempo nos nossos passeios éramos alvo de grande curiosidade e todo mundo que eu encontrava e gostava queria um sling . Pensei ... Eu poderia ajudar muitas famílias ao difundir a prática do sling e da criação com apego . Comecei minha atividade aos poucos e em dois anos deixei meu emprego em uma grande empresa para me dedicar exclusivamente a confecção e a difusão da prática do sling . E nestes 6 anos posso dizer que foi a melhor escolha que eu poderia.

- Quais os benefícios do slings?

Os benefícios são inúmeros, que vai da praticidade ao apego .
Vou inúmeras alguns deles:
* Redução de cólicas;
* Prevenção do refluxo;
* Segurança em caminhadas e em casa;
* Facilitador de comunicação e Apego;
* Segurança;
* Economia;
* Praticidade
* O principal benefício (na minha opinião) é o vínculo.

- A partir de qual idade ele pode ser usado?

    O sling pode e deve ser usado desde o recém nascido ( em muitas maternidades o método mãe canguru funciona como uma incubadora natural para bebês prematuros e de baixo peso ) tudo que um bebê precisa nos seus primeiros dias de vida  ( leite , calor, cheiro materno e muito aconchego) estão a disposição a bordo de um sling . Vejo o  auxilio do  sling na extero-gestação onde o bebê RN ainda precisa de cuidados especiais permanentes neste período .
Mas isso não exclui que crianças maiores não possam conhecer e aproveitar do sling. Eles podem se adaptar melhor se acostumados desde cedo nos carregadores.

- Existe alguma desvantagem?

Sou suspeita para falar. Mas não vejo desvantagem no uso do sling. Você só tem a ganhar com a prática. Entendo o uso do sling como uma filosofia, somente pessoas que "compram" a ideia conseguem tirar o máximo de proveito do sling.


- Até qual idade a criança /mãe pode usar para carregar seu bebê?

    Isso vai depender muito da criança e de quem  a carrega.
    Eu e meu filho usamos nossos slings até três anos de idade, mas geralmente o sling comporta até 20 kg de peso.

- Quais são os modelos e o que diferencia cada um?

    Babywearing é o ato de carregar o bebê junto ao corpo em carregadores de pano, muito utilizada em tribos africanas e indígenas. Existem várias formas de carregar um bebê:

- No colo, quando eles são recém nascidos ou por curtos períodos, senão dá uma leve dor nos braços e nas costas;

- Num canguru comum, onde peso do bebê se divide nos dois ombros, ele fica numa posição prática (para nós) e parece bem seguro. Só que o bebê só pode ficar em uma posição.
-  Ring Sling(sling de argolas), onde o bebê fica numa posição muito confortável,muito semelhante ao útero materno( daí a teoria da extra gestação do antropologista Ashley Montagu) . As posições mudam conforme o crescimento da criança.
- Wrap, é um tecido comprido, que é enrolado e preso ao corpo de quem está carregando. Neste modelo você realmente veste o bebê que é extremamente confortável. O peso do bebê fica dividido, é super seguro, a gente quase esquece que tem um bebê ali. Existe uma versão onde as amarrações já vem praticamente prontas "fast wrap": você veste, como se fosse uma camiseta e coloca o bebê no meio.
- Mei-tai, é um quadrado de tecido com tiras, que você usa pra amarrar em volta do bebê e de si.
- Pouch Sling - é o sling sem argolas, trata-se de uma faixa de tecido com apenas uma costura côncava, não tem ajustes e é feito conforme o tamanho de quem vai usar numa grade de numeração PP, P , M, G e GG. Com as mesmas vantagens de posições do Ring Sling(sling de argolas) , é o modelo mais prático de carregadores, pois é e de muito fácil adaptação. Basta colocá-lo e ele estará pronto para uso.
     Então, o sling é somente mais um tipo destes carregadores. O mais importante é comprar a filosofia desta prática. E garanto a todos, que realmente é maravilhoso e é o melhor investimento que uma mãe pode fazer na troca de afetividade e cumplicidade com o seu bebê.

- Durante quanto tempo o bebê pode ficar sendo carregado neste acessório ou não tem limite?

Cada carregador possui suas características e o tempo de permanência é uma das características mais importantes. Se você quiser ficar com o bebê por horas em longas caminhadas eu recomendo carregadores onde o peso do bebê seja distribuído entre os seus ombros( no caso um wrap sling ou um mei tei ), mas se você for ficar com o bebê até  no máximo 1 hora ou em colos rápidos o ideal são os modelos práticos e versáteis como o ring sling ( ou sling de argolas) ou o pouch sling ( também conhecido com bolsa ou rede)

- Para colocá-lo precisamos de ajuda ou consegue-se colocar sozinho?

    Algumas pessoas precisam de ajuda nas primeiras vezes, mas depois de uma certa prática  e confiança não será mais preciso. Eu sempre aconselho que o bebê que vai slingar pela primeira vez esteja calmo, sem fome, sem sono e com o mínimo de roupas e acessórios. Os pais e acompanhantes também precisam estar confiantes e sem medo pois o bebê sente a insegurança.

- Posso colocar meu bebê em qualquer posição? 

    As posições do bebê no sling são inúmeras conforme a idade e o tamanho da criança. No wrap sling existem tantas maneiras de carregar e amarrações que a cada dia mães e pais em torno  do mundo inventam maneiras diferentes e seguras de carregar  seus filhos  para todos os lugares bem ao alcance do beijo e perto do coração, afinal, carregamos o nosso maior tesouro.

- Qual a média de valor do sling?

      Os slings variam de 90 a 150 reais.

- Onde encontrar?

     Tenho uma loja virtual onde mando slings para todo mundo wwww.cutecoolcraft.com.br e se você estiver em Floripa é só entrar em contato comigo que estou a disposição com slings  em feiras, eventos e workshops.


Karla:Karla Pinto da Luz - Fone: 48 99024699 ou 32334456
Facebook :Mãe Canguru Slings e Crafts
Onde encontrar? Loja virtual :www.cutecoolcraft.com.br


     Obrigada Karla, pela colaboração, seu tempo e seu texto e pelo esclarecimento.
    Entendo e senti toda a filosofia do uso desse acessório, que veio para unir ainda mais seu bebê tanto de sua mãe quanto de seu pai. Dar colo que ele tanto precisa, o carinho e o aconchego.

Espero que tenham gostado.
Abraços Carina.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

carina.janesch@gmail.com

Enfermagem Domiciliar

Outros Blogs e Links!!!

Bebemcasa&ApoioMaterno
Apoio Materno

Bebemcasa&MamyAntenada
Cute & Cool Craft

Bebemcasa&MamyAntenada
Mamy Antenada

Videoteca

Aqui uma playlist de videos para você curtir!


Blogger Template Mais Template - Author: Papo De Garota
PageRank